Verde e Branco

Rodrigo Kroth

Hyoran
O camisa 10 da Chape está de molho. Hyoran fez cirurgia
no ombro esquerdo e deve desfalcar a Chapecoense por
mais de um mês. Justamente num dos melhores momentos
de sua carreira, se não o melhor. Entrosamento com a equipe,
ritmo de jogo, movimentação, armação de jogadas, assistências,
gols. Não é por acaso que tem algumas equipes
do futebol brasileiro interessadas em seu futebol. Tem até
rumor de times de fora. Mas, nesse tempo, o Arthur Maia
deve ganhar a vaga de titular. Pra mim, ele deveria ser o colega
do Hyoran entre os 11.
Z-4 ou G-10?
Há quem diz que a Chape vai brigar entre os 10 primeiros.
Chegou até a beliscar uma sonhada vaga no G-4.
Também, há quem diga que vai brigar pra não cair, o tão
assombroso Z-4. Acredito que o time irá mesmo brigar pra
fi car entre os 10 melhores do campeonato. O perigo do rebaixamento
foi mais nos dois primeiros anos, era (e ainda
é) o caçula da Série A. Mas com uma gestão como a Chapecoense,
diretoria que paga salários em dia, 13º e 14º em
dia, estrutura boa, agradável, isso tudo mantém uma equipe
na elite. Futebol não é só dentro de campo. Vai muito além
disso. Depende também do fator arquibancada. A torcida.
O time é bom, tem um bom elenco. Alguns bons jogadores.
E, claro, como em todo clube, tem seus atletas contestados.
Contra o Coxa
Domingo é contra o Coritiba. Atenção. Eles meterem
quatro no Grêmio. O que preocupa mesmo é o sistema defensivo
do Verdão. A pior defesa do campeonato. São 39
gols sofridos em 23 jogos. Alô, zagueirada. Claro que a
culpa não é só dos zagueiros, mas de um todo. Começa lá
do ataque. Um bom time começa por um bom goleiro. Um
bom time tem que ter um bom sistema defensivo.




Facebook jornal.png

Rua João Pessoa, 1969 - Sala 003 | Pinhalzinho | 049 3366-3910

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina