Coluna Grêmio

Tiago Wagner

O GRÊMIO DA LIBERTADORES

Não dá para encantar quarta e domingo. Então, o Grêmio foi prático no Paraguai. Mesmo sem Luan, machucado, e com Renato preterindo Maicon em nome de Jaílson, o que lhe tirou passe, o Grêmio esteve muito perto de vencer em Assunção. O Cerro Porteño bateu bastante. O árbitro deixou. Marcelo Grohe, no primeiro tempo, fez duas grandes defesas em chutes de fora da área, erro de marcação dos volantes gremistas. Cícero é homem de confiança de Renato Portaluppi, está claro, mas entrega muito pouco além de suor e função tática. No segundo tempo, melhor comparado a seu primeiro tempo amarrado e sem soluções ofensivas, o Grêmio criou chances. Everton, de novo um dos destaques individuais do time, sofreu pênalti de concurso ainda antes do intervalo, o árbitro vacilou e passou batido. Geromel e Kanemann, de novo gigantescos, afiançaram todo sistema defensivo do Grêmio. Logo, ainda que tenha deixado de lado sua vocação para o encantamento, o Grêmio de Renato Portaluppi escolheu o pragmatismo para pontuar no Paraguai. Traz o mesmo jogo para a Arena abrindo o returno. A seguir, vai a Venezuela enfrentar uma equipe que já estará eliminada, o Monagas, e fecha a fase classificatória na Arena contra o Defensor. O Grêmio vai se classificar para as oitavas de final. E será em primeiro lugar.

O GRÊMIO DO BRASILEIRÃO..

Vitória fora de casa contra um candidato ao tótulo, jogando bem, alternando momentos com 70% da posse de bola. Ao final do jogo aquele tal de Thiago Neves fala que jogar contra o Grêmio é difícil em qualquer lugar, pois o Grêmio domina qualquer equipe em qualquer lugar. Isso sim é reconhecimento. Jogando sem Geromel e sem Luan, fizemos um jogo cirúrgico. André mostrou a que veio, e já deixou claro que ele é o titular da função, e que só não jogará se não puder ou se o treinador não escolher. Próxima partida é contra o Atlético Paranaense. Equipe bem montada que goleou na primeira rodada. Jogo bom.

Ainda..

Na próxima semana já teremos os primeiros confrontos da Copa do Brasil. Os mesmo serão definidos por sorteio, e não sei por que, mas estou sentindo cheiro de GREnal já nas Oitavas. Isso se o nosso rival ter passado pelo Vitória, que no caso eu acho que não vai passar. Sem saber do resultado, penso que em caso de avanço do co-irmão, deveríamos ter esse prazer de ver mais um mata-mata entre o maior do sul e o outro grande.





Facebook jornal.png

Rua João Pessoa, 1969 - Sala 003 | Pinhalzinho | 049 3366-3910

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina